sábado, 30 de dezembro de 2017

Semana de Desejos para 2018...

Casa de Rosas e Palavras - By Ateliê da Tili
João Feltro no balanço de canela
Desejo #1: Que todos passem a pensar seriamente em:
- reciclar (lixo, roupa, sapato, brinquedos, órgãos...);
- reaproveitar (tudo o que for possível);
- repensar (antes de qualquer coisa, principalmente antes de comprar algo);
- recusar (produtos nocivos ao ambiente e, portanto, à sua vida);
- reduzir (o consumo de tudo, mas principalmente dos recursos energéticos como água e energia).
Lembrem-se: NÃO EXISTE MAIS ESSE NEGÓCIO DE JOGAR FORA, PORQUE O FORA DA FRASE, CONTINUA DENTRO DO PLANETA!

Desejo #2: Mais panelas no fogo e menos barrigas vazias...
- Menos batedores de panelas e mais pessoas solidárias.
- Menos perda de direitos e mais gente nas ruas defendendo o direito da classe trabalhadora.
- Menos produto alimentício e mais agricultura familiar e sustentável.
- Menos fakes e mais gente real, falando e fazendo coisa de gente de verdade pra gente também de verdade.

Desejo #3 - Destralhar, limpar, organizar...
- A casa, o vestuário e afins: consertar, reciclar, customizar, jogar no lixo o que não der mais.
- A vida: repensar o relacionamento com família e amigos, repensar modos de ver, de falar, de alimentar; reciclar ideias, carreira, ideais...
- Largar a preguiça nos finais dos finais de semana, e a mania de não parar de trabalhar em algum sofá bem confortável.
- Deixar todo o lixo da raiva, da dor, do rancor, vingança, autopiedade e autocomiseração no incinerador.
M I N I M A L I Z A R será a direção.
L U T A R será a obrigação.

Desejo #4 – Que haja mais tempo para...
- Ler livros – de todos os tipos, cores, tamanhos, espécies; deitada ou em pé, pra dormir ou ao acordar.
- Ouvir música – de todos os estilos, volumes, em qualquer aparelho, ao vivo, gravada, cifrada...
- Dançar – agarrada, soltinha, livrona, difícil ou facinha; de trançar as pernas, de esfregar o buxo, pulando ou batendo coxinha.
- Ir ao teatro, ao cinema, ao circo, pra rir, chorar, se espantar, se indignar ou esbravejar. Criticar também, que ninguém é sangue de barata. Mas nada de comer combo 1 ou 2 ou 3, apenas assistir e depois, quem sabe o que poderá vir...
- Cuidar das plantas, plantar comida pelos canteiros, não esmagar PANCs, quem sabe até virar jardineiro!
- Escrever pra se lembrar, pra esquecer, pra se indignar e indignar outros, para acalentar ou se despedir, pra se declarar: te amo, te odeio, te quero, te desejo! Poetar, contar história, contar piada ou informar alguém que o mundo segue sem parar, mas que é preciso também parar e nada fazer, então...

Em tempo: Ter tempo pra não ter de fazer nada que caiba ou não no tempo que você deveria ter, mas não tem, porque alguém te disse que é feio nada fazer com seu próprio tempo!

Desejo #5 - Ser mais autor do que autoral...
- Escrever mais minhas próprias ideias - nada de ficar copiando versinhos bonitinhos e mensagens solidárias de pessoas famosas ou lideranças espirituais apenas. Sábio mesmo é aquilo que você sabe de você mesmo!
- Postar foto de beleza - não de unhas bem cuidadas, mas de mãos calejadas e fortes; de ombros largos de carregar criança; de mata fechada, colorida, jardins selvagens; crianças sorrindo e brincando e não apenas "bem vestidinhas e arrumadinhas", apenas sendo crianças.
- Contar novidades verdadeiras - nada de máscaras de final de semana feliz, nem xícaras de café no Hitz. Mostre sua caneca preferida cheia de chá de erva-doce, café ou um copo de água fresca sendo tomado num dia de muito trabalho se quiser, mas que seja real. Paremos com a hipocrisia de vidas perfeitas, porque elas SIMPLESMENTE não existem! E que bom né?!

Desejo #6 - Ser tradicional na educação, ser moderna na indignação...
- Pedir licença pra passar, deixar idosos passarem primeiro, ajudar pessoas em público (principalmente mães com crianças de colo), deixar o assento para quem mais precisa, não gritar com seus pais... Sim, manter isso é bom né?! Eu gosto!
- Se indignar com racismo, machismo e outros ismos do mal? SIMMMMMM.
- Defender mulheres e crianças contra a violência? SIMMMMM.
- Cuidar dos pedestres e ciclístas? Nem precisa perguntar né!
- Gentileza SEMPRE gera gentileza. Experimente. Acredite. Funciona mesmo.

Desejo #7 - Esteja viva.
- Preserve sua saúde - Não se exponha a riscos desnecessários. É bobagem..
- Evite drogas. Principalmente as sintéticas.
- Coma comida de verdade, não produtos alimentícios (já disse isso antes, mas não custa repetir).
- Exercite-se sempre, em qualquer lugar. Não tenha vergonha de ir à academia ou caminhar na rua, ou sei lá o que. Não existe perfeição. NÃO EXISTEM PESSOAS PERFEITAS, somente pessoas com saúde ou sem saúde. E ponto final.

Desejo #8 - Seja feliz e ponto!
- Deixe os outros serem felizes.
- Faça alguém (ou muitos) feliz, mas não esqueça: felicidade é diferente pra cada um/a!
- Deixe alguém te fazer feliz.
- Consumismo não faz você feliz, faz você parecer feliz, então... (não vou repetir o que eu disse de novo rsrs).
- Dinheiro traz sim felicidade pra algumas pessoas. Mas pra outras, xiiiii. Cuide disso com sabedoria.
- Não se esforce muito pra ser feliz, apenas perceba quando a felicidade chegar e deixe ela ficar. É simples, você vai ver!

Um beijo, um cheiro, um abraço, e um vivaz 2018 pra todes!


Nenhum comentário:

Compro seu trabalho

A reforma trabalhista está em vigor, mas nem todo acordo é bom pra você. Seus direitos têm valor. Informe-se: www.reformadaclt.com.br